Próximo Bugatti terá motor a combustão da Rimac

Bugatti Mistral

Novo hipercarro deverá ser apresentado no próximo ano.

A Bugatti vai despedir-se oficialmente do motor W16 8.0 quad-turbo com o Bolide e com o Mistral (na imagem). Contudo, já no próximo ano será apresentado o primeiro modelo resultado da joint venture da Bugatti com a Rimac. Trata-se de um novo hipercarro que contará com um motor a combustão que já estava a ser desenvolvido pela Rimac dois anos antes da fusão. Quem o diz é o responsável da Rimac, Mate Rimac, em entrevista à Auto Express.

O novo modelo, a lançar oficialmente no mercado entre o final de 2024 e o início de 2025, deverá ser um híbrido e promete, segundo Rimac, ser “fora de série”. Segundo o gestor, este carro não terá qualquer ligação com modelos antigos, nem o Chiron da Bugatti, nem o Nevera da Rimac.

Rimac confirmou ainda o que se suspeitava: que antes do acordo firmado com a Bugatti, o objetivo do construtor de Molsheim era substituir o Chiron por um SUV elétrico. Esse plano foi imediatamente suspenso após o acordo com a Rimac, em detrimento de um hipercarro híbrido.

Deixe uma resposta

*