Alfa Romeo confirma fim da linha para o Giulietta

Alfa Romeo Giulietta Veloce

O compacto italiano deixará de ser produzido no final do ano. Mas já há um sucessor indireto na calha.

A Alfa Romeo vai deixar de produzir o Giulietta no fim deste ano. Segundo declarações do responsável de produto da marca italiana, à Autocar, o substituto indireto do compacto na gama será o SUV Tonale, que promete um nível de prazer de condução idêntico. A estreia do Tonale no formato de produção foi adiada para a primeira metade de 2021 devido ao coronavírus. Este será o primeiro híbrido plug-in da história da marca italiana, adotando o mesmo sistema dos Jeep Renegade e Compass 4xe, conjugando um 1.3 de quatro cilindros turbo a gasolina e um motor elétrico, prometendo autonomia “zero emissões” até cerca de 50 km. O modelo do segmento C posicionar-se-á abaixo do Stelvio e espera-se que possa ser o best-seller da Alfa Romeo a médio-prazo.

O pequeno familiar italiano foi lançado em 2010 para substituir o 147 e teve em 2011 o seu pico de vendas na Europa com 78.911 unidades comercializadas. Dados da CarSalesBase revelam ainda que o ano de 2019 foi aquele no qual em registou pior uma pior prestação com apenas 15.690 unidades (quando o líder do segmento, o VW Golf, representou 410.779).

Fabio Migliavacca aproveitou ainda a ocasião para afirmar que estão fora de hipótese versões GTA do Stelvio.

Deixe uma resposta

*