Elétrico Cupra el-Born chega em 2021

Cupra el-Born View Gallery 4 photos

Primeiro modelo “zero emissões” de caraterísticas desportivas do grupo VW anuncia 500 km de autonomia e promete 0-50 km/h em 2,9 segundos.

Começou por ser um protótipo da Seat no Salão de Genebra de 2019 e vai chegar à produção com um símbolo Cupra: eis o el-Born, o primeiro modelo elétrico mais “espigado” do grupo Volkswagen. O “hot hatch” “zero emissões” será produzido em Zwickau (na Alemanha) juntamente com o VW ID.3 e chegará ao mercado em 2021. O modelo de base MEB conta com uma bateria de iões de lítio de 82 kWh responsável por alimentar um motor elétrico traseiro cuja potência ainda não foi divulgada.

Apesar disso, de modo a assegurar as caraterísticas mais desportivas do novo modelo, a Cupra anuncia 0-50 km/h em 2,9 segundos – o que contrasta com os 7,5 segundos necessários para fazer 0-100 km/h anunciados para o Seat el-Born Concept de 204 cv. O novo Cupra promete ainda uma autonomia até 500 km (mais 80 km face ao protótipo, com bateria mais pequena de 62 kWh). Com uma tomada rápida é possível carregar o equivalente a 210 km de autonomia em meia hora. Por dentro, o el-Born chega a esta versão final com um head-up display com realidade aumentada, um ecrã central de infotainment “flutuante”, bacquets Cupra e um volante desportivo com botões de atalho para definir os modos de condução.

No final deste ano, a Cupra engrossará o seu portefólio com o SUV Formentor – que fará companhia ao Leon e ao Ateca (que juntos representaram 40 mil unidades desde que a Cupra se tornou marca em nome próprio). O CEO Wayne Griffiths confirmou que nos próximos meses serão inaugurados na Europa os primeiros concessionários Cupra. Até 2025, serão investidos 5 mil milhões de euros nas marcas Seat e Cupra, com foco no desenvolvimento e produção de modelos elétricos. Para já, é uma incógnita se haverá um Seat el-Born.

Deixe uma resposta

*