Designer imagina novo Lancia Fulvia coupé e shooting brake

Lancia Fulvia View Gallery 19 photos

Eis uma projeção moderna de um dos carros italianos mais emblemáticos das décadas de 1960 e 70.

E se o Lancia Fulvia fosse regressasse e equipado com as mais recentes tecnologias? Um designer de Turim, Alberto Salerno (que já fez trabalhos para a Ducati e para a Pininfarina), fez um conjunto de desenhos “brincando” à volta do tema, tendo gerado por computador os protótipos HPC e HPE, uma versão modernizada do coupé, mas também de uma carrinha de estilo shooting brake (inspirada no Fulvia Sport). Nesta reinterpretação o icónico Fulvia não perdeu a sua elegância, com linhas alongadas e destacando-se a ausência de espelhos retrovisores tradicionais (substituídos por câmaras). À primeira vista, além do Lancia original, o designer italiano quis dar um cunho mais moderno à sua criação, tendo colhido inspiração em modelos como o Aston Martin DB11, o Porsche Panamera e nas linhas intemporais da Maserati. Realce para os farolins que se prolongam por toda a traseira e para o difusor imponente. O cariz desportivo continua na dianteira, nomeadamente no capot esculpido e nos faróis elegantes.

O Lancia Fulvia (Tipo 818) foi produzido entre 1963 e 1976, sendo um dos modelos mais carismáticos alguma vez produzidos em Itália. Teve versões sedan, coupé e o fastback Sport Zagato ou também conhecido apenas por Sport (desenhado por Ercole Spada, o autor de clássicos como o Aston Martin DB4 GT Zagato).

Equipado com um motor V4 a gasolina com versões entre 1091 cc e 1584 cc, o Fulvia destacou-se por ter brilhado ao mais alto nível no mundo dos ralis, com vitórias no Rali da Grã-Bretanha em 1970 e o de Montecarlo, Marrocos e Sanremo em 1972.

Deixe uma resposta

*