Audi deve assumir controlo da Bentley

Bentley Flying Spur V8

Em resultado disso, está previsto que a nova geração da dupla Continental GT/Flying Spur e um novo SUV elétrico sejam feitos com base numa plataforma Audi/Porsche.

O grupo Volkswagen continua a “arrumar a casa”, preparando uma reestruturação que passa também por fomentar sinergias tecnológicas internas. Visando uma redução das despesas, uma das próximas medidas do grupo teutónico, segundo a Automobilwoche, passa pela Audi (que já de certa forma encabeça o departamento de pesquisa e desenvolvimento no seio do grupo) assumir a gestão financeira e tecnológica da Bentley no início do próximo ano. Apesar de o emblema histórico britânico ter registado um lucro de 65 milhões de euros em 2019, o Brexit e o impacto da pandemia do coronavírus não deixam em perspetivas muito animadoras para o ano que está prestes a terminar.

No papel de gestora da Bentley, a Audi já terá medidas concretas em carteira. A fonte supracitada avança que a próxima geração do Continental GT e do Flying Spur passarão a ser feitos com base na plataforma PPE (que estreará no próximo Porsche Macan), especifica para modelos elétricos pela Audi em conjunto pela Porsche.

A juntar a isso, está previsto que a Bentley lance um novo SUV feito com base em tecnologia da Audi. Ao que tudo indica, este modelo será um SUV elétrico mais pequeno do que o Bentayga e recorrerá igualmente à base PPE.

Deixe uma resposta

*