Designer do Lamborghini Countach não aprova o “remake”

Lamborghini Countach LPI 800-4 junto ao modelo original

Marcello Gandini diz mesmo que o LPI 800-4 desvirtua o espírito do modelo original.

A Lamborghini está comemorar este ano meio século da estreia do protótipo do Countach. E em jeito de tributo apresentou um sucessor espiritual sob a forma de um modelo baseado no Aventador limitado a 112 unidades (já todas com dono atribuído). Acontece que em entrevista à Autoweek, o designer do modelo original, Marcello Gandini, mostrou-se insatisfeito com este projeto do Countach LPI 800-4.

Gandini, que é igualmente o autor de outros modelos históricos da marca italiana como o Espada, Jarama, Miura e Diablo, escreveu mesmo uma carta a dar conta do seu descontentamento. Isto aconteceu apesar de o responsável atual pelo departamento de design do emblema de Sant’Ágata Bolognese, Mitja Bokert, ter conversado na última primavera com Gandini com base num modelo à escala. Gandini diz que não teve qualquer participação no projeto e que, aliás, o novo modelo “não reflete nem espírito nem a sua visão”, independentemente de Bokert ter dito, em sua defesa, que este LPI 800-4 “é um tributo pessoal ao Maestro Gandini”.

Com efeito, Gandini mostrou-se particularmente agastado com o vídeo publicado pela marca aquando do encontro entre ambos, que foi publicado aquando da apresentação novo carro. Descontente, o designer acrescentou que “o espirito de inovação e disruptivo está totalmente ausente do novo desenho do carro, na minha opinião”. Ainda a propósito deste “remake”, o italiano concluiu dizendo ainda: “É evidente que os mercados e o marketing mudaram muito desde o meu tempo, mas no meu entendimento replicar um modelo do passado representa a meu ver a negação dos meus princípios do meu trabalho como designer de automóveis”.

Vários designers já criticaram o desenho do novo Countach LPI 800-4 (que custa 2 milhões de euros) nomeadamente Frank Stephenson, antigo responsável de design da BMW, Ferrari e McLaren, que considerou que a Lamborghini está a aproveitar-se do nome do Countach.

Deixe uma resposta

*