Autonomia elétrica do novo Outlander PHEV sobe para 87 km

Mitsubishi Outlander PHEV

SUV híbrido plug-in da Mitsubishi recebe uma bateria 93% maior. A potência conjunta será 40% superior.

A Mitsubishi revelou mais pormenores acerca da nova geração do Outlander PHEV. A versão híbrida plug-in do SUV, que tem chegada prevista ao mercado em 2022, conta com uma nova bateria de 20 kWh de capacidade que lhe permite anunciar até 87 km de autonomia (WLTP) em modo elétrico. Esta bateria é 93% maior que a anterior, de 13,8 kWh que permitia um alcance máximo até 45 km. O novo Outlander PHEV beneficiará também de um conjunto propulsor mais potente face ao anterior, o que por si só contribui para um aumento da autonomia. Ao que tudo indica, manter-se-á com os préstimos do já conhecido 2.4 de quatro cilindros, combinado com dois motores elétricos (um na dianteira e outro na traseira). Mas, desta vez, o PHEV será 40% mais potente que o modelo atualmente em comercialização, o que lhe permitirá ascender dos atuais 240 cv de potência conjunta para cerca de 350 cv. A marca japonesa confirmará em breve estes valores.

Graças à dupla de motores elétricos, o Outlander PHEV possuirá um sistema de tração integral que recebe um sistema Active Yaw Control, que permite a vectorização de binário no eixo dianteiro e traseiro. Em modo elétrico, o novo Outlander PHEV possibilitará a condução apenas com um pedal. Ao todo existirão sete modos de condução à disposição que ajudarão o SUV debelar da melhor forma os diferentes tipos de piso e condições climatéricas. O motor elétrico traseiro passa a estar integrado fora da zona dos passageiros, o que não só contribui para o habitáculo mais silencioso como possibilita, em opção, incluir uma terceira fila de bancos (como no Outlander convencional).

Visualmente, o PHEV é praticamente igual ao Outlander a gasolina, com exceção da traseira maior. Por dentro, o PHEV é praticamente igual, com exceção dos menus e botões referentes ao sistema híbrido.

Deixe uma resposta

*