Seat confirma crossover elétrico para 2025

Primeiro teaser do modelo urbano elétrico da Seat a lançar em 2025

Novo modelo do segmento A quer competir com o Dacia Spring.

A Seat será a responsável pelo desenvolvimento e produção dos modelos elétricos mais pequenos do grupo VW, onde se incluirão propostas da Cupra, Skoda, Volkswagen e, provavelmente, da Audi. Nesta nova “ofensiva” de modelos, que tem início previsto para 2025, será utilizada uma nova plataforma chamada MED-Lite.

Isto significa que a Seat continuará a marcar presença no segmento A. Mas, tal como sucederá com a Toyota com o novo Aygo Cross, a marca espanhola apostará num mini-crossover a lançar daqui a quatro anos. Este modelo será, portanto, mais pequeno do que o Cupra Born (um “irmão” do VW ID.3) e procurará medir forças com propostas como o Dacia Spring, pelo menos em algumas versões, com um preço nos principais mercados a oscilar entre 20 e 25 mil euros. O crossover da Seat ainda sem nome conhecido será no fundo um sucessor do Mii Electric e terá pela mesma altura um “irmão” VW ID.1 e um VW ID.1 Crozz, que ocupará o lugar do e-Up. Esta nova vaga de modelos elétricos de acesso do grupo alemão deverá contar com baterias de 24 e 36 kWh de capacidade (sendo que existe ainda a possibilidade de apostar na mesma bateria de 45 kWh que está na base do ID.3), garantindo sensivelmente uma autonomia até 300 km na versão de topo. Até ao final do ano está prevista a apresentação de um protótipo deste futuro mini-crossover elétrico da Seat.

Ainda este ano, a Seat vai lançar o facelift do Ibiza e do Arona. Os espanhóis aproveitaram ainda a ocasião para confirmar que avançarão para a produção do SUV elétrico Cupra Tavascan em 2024. Ao todo, até 2025, a Seat vai investir cerca de 5 mil milhões de euros.

Deixe uma resposta

*