Hyundai, Toyota e Ford vão correr com WRC híbridos

Rally1

Trio de fabricantes chegou a acordo com a FIA para os próximos três anos.

A Hyundai, a Toyota e a M-Sport Ford assinaram um acordo com a FIA válido por três épocas confirmando que disputarão o Campeonato Mundial de Ralis (WRC) à luz da nova normativa “Rally1” que inclui a introdução, pela primeira vez, de motores híbridos. Isto significa que o trio de construtores, que figuram entre os que mais se têm destacados nos últimos anos na competição, adotarão entre as temporadas de 2022 e 2024 um sistema propulsor híbrido plug-in Compact Dynamics baseado no já conhecido motor 1.6 de quatro cilindros turbo com injeção direta a gasolina a funcionar em conjunto com um motor elétrico (alimentado por uma bateria de 3,9 kWh de capacidade), para um débito total de 136 cv e 180 Nm. As novas regras do WRC incluirão ainda uma nova célula de segurança para os carros. O acordo inclui uma contribuição igual da FIA e dos fabricantes para os custos de desenvolvimento da nova tecnologia. Cada fabricante poderá correr com quatro carros.

Entretanto, a Hyundai já adiantou que o próximo carro será feito com base no i20 N de estrada. Além do trio de construtores mencionado, há ainda mais uma vaga para um quarto fabricante.

Em 2022, disputar-se-á a 50ª edição do WRC.

Deixe uma resposta

*