Ingleses colocam V6 num Mazda MX-5

Mazda MXV6 Rocketeer

Rocketeer utiliza motor 3.0 originalmente desenvolvido pela Porsche e aprimorado pela Cosworth que pode chegar aos 300 cv.

Desde sempre que a Mazda utilizou sempre motores de quatro cilindros atmosféricos no MX-5. Apesar de se especular que em tempos a marca japonesa terá testado versões de seis cilindros, os ingleses da Rocketeer resolveram criar um kit de reconversão do NA e do NB (primeira e segunda geração do roadster) com motor V6. O motor em questão é um AJ30 proveniente de um Jaguar S-Type com 3.0 de cilindrada. Uma vez que se trata de um motor em alumínio, este pesa menos que o quatro cilindros da Mazda – ficando nesta conversão o roadster com 1100 kg na balança. Este motor V6 foi originalmente desenvolvido pela Porsche e otimizado pela Cosworth. O motor em causa foi ainda utilizado em vários modelos da Ford. Dependendo do desejo do cliente, é possível adaptar a performance deste bloco (que de origem tinha com 273 cv às e 300 Nm às 3500 rpm nos modelos da Jaguar) para um débito de potência até 300 cv. O “red line” deste motor é atingido às 7250 rpm.

O kit de conversão divide-se em três packs: o primeiro contempla componentes para a instalação de apoios do motor, coletores de escape, novos coletores de admissão, cárter de óleo, peças da embraiagem e adaptadores de transmissão (e custa 5800 euros); o segundo pack acrescenta o referido motor V6 (4600 euros); e o terceiro a referida eletrónica modificada do bloco (1700 euros). A Rocketeer disponibiliza 100 unidades deste kit.

Este kit MXV6 inclui modificações nos travões e na suspensão de modo a lidar com o aumento de potência. O interior deste restomod pode ser todo modificado, podendo receber um novo ecrã tátil. A Top Gear estima que este MXV6 consiga cumprir a aceleração de 0 a 100 km/h em seis segundos. A modificação completa custa cerca de 11 mil euros.

Deixe uma resposta

*