BMW M2 tem os dias contados na Europa

BMW M2 CS

O mais pequeno dos “M” sairá do catálogo no próximo outono, por causa das emissões.

As restrições impostas pelas normas de emissões de CO2 prometem motivas várias baixas de peso no continente europeu. Poucas semanas depois de dar a conhecer que o M760i xDrive com motor V12 será descontinuado ainda este ano, o Bimmer Post avança que na mesma altura e pelo mesmo motivo, a atual geração da gama M2 deixará de ser comercializada no Velho Continente.

Segundo o BMW Blog, esta decisão de prescindir quer do M2 Competition quer do M2 CS (na imagem) é justificada pelos elevados custos de desenvolvimento necessários para tornar o motor 3.0 de seis cilindros biturbo S55 mais “limpo” – motivo que já tinha “vitimado” o M4 Coupé e M4 Cabrio na Europa. Apesar do desaparecimento no Velho Continente, o M2 continuará em comercialização nos restantes mercados mundiais – onde as restrições de emissões são mais moderadas.

Se no caso do M760i o regresso é praticamente impossível, devido ao fim do motor V12 – devendo o seu lugar ser ocupado por um Série 7 elétrico -, já o M2 deverá regressar em 2022. Nessa altura, a próxima geração do modelo que manterá a tração traseira passará a contar com o motor S58 que atualmente está debaixo do capot do X3 M e do X4 M – e que dentro de poucos meses chegará também aos M3 e M4. Estima-se que o novo M2 debite na ordem dos 420 cv e 550 Nm. O novo desportivo de acesso da BMW M deverá crescer em tamanho e também em peso, embora se estime que performance seja similar ao atual. Manter-se-á a opção entre uma caixa manual de seis velocidades e automática de oito relações. Durante o ciclo de produto, é possível que seja incorporado um módulo “mild hybrid”.

Deixe uma resposta

*