Novo Lotus será sucessor do Exige, Elise e Evora

Teaser do novo Lotus

Equipado com um motor V6 híbrido, o Type 131, um sucessor espiritual do Esprit, será o derradeiro modelo com motor térmico da marca britânica.

A Lotus confirmou que o Elise, Exige e Evora serão descontinuados este ano e que esse processo coincidirá com a entrada em cena de um novo desportivo. Aquele que é para já conhecido pelo nome de código Type 131 será o derradeiro modelo da Lotus a recorrer a um motor térmica, no caso um motor V6 a gasolina integrado num sistema híbrido “lightweight” desenvolvido pela própria marca britânica, com um débito de potência acima dos 500 cv.

A julgar pela imagem teaser entretanto divulgada, a nova criação da casa de Hethel terá três configurações. Apesar de surgirem ainda tapadas por um lençol, é possível perceber que cada um dos Type 131 contará com luzes diurnas específicas e possivelmente um para-choques dianteiro diferenciado. Este novo modelo contará com alguns elementos estéticos que farão a ponte com o hipercarro elétrico Evija (que começará a ser produzido ainda este ano na renovada fábrica de Hethel). O Type 131 será uma espécie de sucessor espiritual do Esprit e, apesar de ser um desportivo, promete ter caraterísticas que lhe permitirão uma utilização no quotidiano – apesar de ter apenas dois lugares. Está previsto que a entrega das primeiras unidades aconteça ainda este ano.

Recorde-se que a chinesa Geely, a atual dona da Lotus, investiu 112 milhões de euros na modernização da fábrica situada na região de Norfolk (no Reino Unido), num plano que inclui também a contratação de 250 novos funcionários (que se juntarão aos 670 atualmente em funções desde que a Lotus passou para os novos patrões, em 2017).

O Elise começou a sua carreira em 1995 e trouxe a jogo um chassis em alumínio. Foi precisamente apoiada nessa base que a Lotus apostou no “hard-top” mais extremo Exige em 2000. Contudo, foi preciso esperar por 2008 até que a marca britânica apostasse modelo de maiores dimensões já dentro do território dos supercarros, o Evora. A plataforma atual, já com mais de 25 anos, permitiu à Lotus produzir 55 mil unidades entre os três modelos da gama. Neste fecho do ciclo de produção, serão lançadas edições especiais de todos os modelos em catálogo, incluindo do Evija. O primeiro modelo especial a ser lançado será o Elise.

Deixe uma resposta

*